Kit de lâminas para bushcraft e técnicas de sobrevivência

Kit de lâminas para bushcraft e técnicas de sobrevivência

Atualmente, muito se discute sobre qual seria a melhor faca de sobrevivência? Está é uma questão muito complexa. Na verdade acredito que para cada situação exista modelos e materiais mais indicados. O ideal é buscarmos possuir um conjunto de lâminas, assim teremos adequada para cada tarefa. A ideia deste vídeo é apresentar aquele que é, na minha opinião, o melhor kit de lâminas para bushcraft e técnicas de sobrevivência, levando em consideração a relação custo x benefício.

O sistema básico é composto por:

Dependendo da situação pode ser acrescentado uma lâmina maior para realizar o trabalho pesado, como por exemplo:

Com este conjunto de laminas você conseguirá realizará 99% das suas tarefas. A criação de sistemas já tornou-se uma prática comum para mim. Não existe equipamento completo ou perfeito. Cada um deles tem as suas características, qualidades, defeitos e utilidades. Quando criamos um sistema, conseguimos aproveitar cada um onde é rende melhor e eles ainda se complementam. 

 

Muitos dizem que a faca BK 2 é a melhor faca para sobrevivência do mundo. Na minha opinião não é, prefiro por exemplo a Cold Steel SRK ou a Mundo Outdoor SURVIVOR. É sempre recomendado avaliar a proposta de uso e as preferencias de cada indivíduo. No meu caso, que vou para o mato na grande maioria das vezes para fazer trilhas (mtb, trekking, off-road e rapel), com o mesmo peso da BK 2 (450g) eu carrego o sistema básico completo e tenho certeza que me atenderá melhor. Agora, se eu procurasse uma faca praticamente indestrutível, pensando em um cenário de SHTF (when the shit hits the fan), com certeza ela seria uma ótima opção. 

 

Tenha sempre em mente que você carrega o peso de seu conforto. Para uma caminhada de 5k, uma mochila com 14kg de carga pode ser de boa. Porém, para uma travessia de 30k a coisa já é bem diferente.Gostaria ainda de destacar que a escolha de uma faca é algo muito pessoal. Deve ser levado em consideração a proposta de uso, o cenário de atuação e suas preferências. O que pode ser ideal para mim, pode não ser para você.

 

O mais importante é você conhecer bem seu equipamento, testá-lo regularmente e praticar técnicas corretas. Dessa forma você terá uma ideia melhor sobre suas capacidades e limitações.

 

Comentários

Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA